Consciência e mudança de comportamento

Por:Julio Machado
Segurança do Trabalho

26

Mar 2009

CONSCIÊNCIA E MUDANÇA DE COMPORTAMENTO

Palestra para colaboradores

Atualmente a grande questão de segurança que se impõe quando se quer chegar ao tão almejado acidente zero é:
“A empresa deu todos os treinamentos e equipamentos de proteção necessários e, mesmo assim, o empregado agiu de uma forma indevida provocando um acidente de trabalho. Por que?”

De uma forma bem simples podemos responder que ele ainda não desenvolveu a consciência sobre a importância de certa conduta preventiva. Saber de uma norma de segurança não é o mesmo que ter consciência dela, pois a consciência implica em mudança de comportamento, e não apenas em conhecimento intelectual. O mesmo vale para a assimilação ou a mudança da cultura de uma empresa. Como nos lembra o compositor Beto Guedes: “A lição já sabemos de cor, só nos resta aprender.”

Ser consciente é muito mais do que ser obediente. A pessoa consciente atua mais pelo seu senso de responsabilidade do que por obrigação. Esta consciência demonstra uma postura ética e um engajamento pro-ativo da pessoa naquilo que ela se propõe a fazer. Ela dá aquilo que tem de melhor, sabendo dos ganhos pessoais que ela obtém com a sua atitude.

Como desenvolver essa consciência? Este é o desafio do que chamamos Educação Corporativa. Através de uma palestra bem-humorada e instigante, queremos sensibilizar os participantes para o engajamento nessa causa onde o maior beneficiado é ele mesmo.

DURAÇÃO: aproximadamente 1:30 h.

 

Compartilhe:

Rua João Chagas 383 / 1203 - Bairro União - Belo Horizonte - MG CEP 31170-370

(31) 3486-9883

luxor@juliomachado.com.br