Podcast 03 – VIVER CORRENDO

Por:Julio Machado
Podcast

13

ago 2016

CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR

Ainda vigora que quem vive na correria é mais importante do que quem tem tempo para cuidar de si.

Por que não paramos, mesmo sabendo dos benefícios e da importância das pausas? O paradigma anterior nos respondeu que não paramos porque temos muito serviço para fazer. O paradigma que apontamos hoje tem uma outra resposta: quem pode parar para não fazer nada, ou para cuidar de si mesmo é gente “atôa”, sem serviço, que não tem o que fazer.

Daí, podemos constatar facilmente porque vigora na nossa sociedade a mentalidade de que quem tem tempo não é uma pessoa séria e que não tem tempo é que é mais importante. Dê uma olhada e veja o quanto de verdade isso contém. Até aquela expressão – “Êh vida boa!!!” Está a serviço dessa velha mentalidade, pois quando dizemos que uma pessoa tem uma vida boa, parece que é um insulto. O normal, o esperado seria dizer – “Êh vida dura!!!” ao invés de “Êh vida boa!”

Então ser estressado é o esperado, é o que da IBOPE, é o que nos coloca de bem com os outros, pois ninguém fica melindrado quando a gente está na correria, mas se você responder quando alguém te pergunta “como vão as coisas? – “Estou ótimo, bem de saúde, meu casamento está maravilhoso, a vida tranquila, consigo até guardar um dinheirinho no fim do mês!” Ao invés de ficar satisfeito com a sua felicidade a pessoa vai te achar alienado, esnobe e convencido. Pois no fundo a maioria espera como resposta: – “Como estou? Na luta, na correria.”

Note, que geralmente quando alguém te pergunta sobre trabalho o normal é dizer: –“Tá trabalhando muito?”  É raro alguém perguntar: “Tá gostoso, tá produtivo, tá legal o seu trabalho?” Não, o que interessa é o muito e não o bom. Lembre que muito é quantidade e bom é qualidade.

E aí, você ainda quer continuar pregando a cartilha de que o bom é ser estressado ou quer dar uma de maluco beleza e dizer: É o contrário!

Fazer pausas, para viver uma vida com mais qualidade é a nova onda que eu quero surfar. Temos que admitir que, hoje em dia, estar na correria é que é a moda. Mas as conseqüências aparecem logo: ansiedade, falta de tempo, insatisfação no trabalho, conflitos nos relacionamentos, depressão, e assim por diante.

Compartilhe:

Rua João Chagas 383 / 1203 - Bairro União - Belo Horizonte - MG CEP 31170-370

(31)98744.0793

julio@juliomachado.com.br

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.