Podcast 2 – PAUSAS NECESSÁRIAS

Por:Julio Machado
Podcast

29

jul 2016

 

CLIQUE NO PLAY PARA OUVIR

 

Parar não é interromper. Muitas vezes continuar é que é interrupção… da vida.

Alguém ainda tem dúvida sobre a importância, tanto para a nossa saúde física quanto mental, em se pausar o trabalho, o estudo ou qualquer outra atividade onde normalmente estamos nos desgastando? Não estou me referindo apenas parar para não fazer nada ou para se distrair, o que também é muito bom, mas fazer aquelas pausas para também cuidarmos do nosso corpo e da nossa mente. É aí que recarregamos as nossas baterias internas, como por exemplo:

– nos envolvendo num hobby;
– fazendo uma caminhada ou ginástica que gostamos de fazer;
– na leitura de um bom livro;
– naqueles momentos de oração, de meditação ou de relaxamento.

Sem esses cuidados, a nossa percepção fica embaçada e, daí, passamos a ver o mundo tal qual aquela mulher que notava sujeiras nas roupas que a vizinha estendida no varal. Só que depois ela constatou que era a sua vidraça e não a roupa da vizinha que estava suja. Bastou limpar a sua vidraça que a sujeira da roupa desapareceu.

Podemos comparar essas pausas como quando interrompemos o uso do filtro de água para poder lavar as velas de barro que estão dentro dele. Basta usar o filtro para que, naturalmente, a vela vá ficando suja e dificultando a passagem da água. Porém ao limpá-la com regularidade, a água volta a fluir com mais abundância.

A comparação que eu mais gosto é a daquele lenhador mais experiente que ganhou um campeonato de lenhadores competindo com um jovem bem mais forte que ele. O seu segredo é que ele fazia pausas para afiar o seu machado enquanto o jovem só lenhava, sem fazer as pausas necessárias.  Com isso o seu machado foi ficando cego e o trabalho rendeu menos.

Agora, por que sabendo e concordando com a necessidade de se fazer essas pausas, mesmo assim nós relutamos em fazê-las? Creio que a resposta á esta pergunta tem a ver com paradigmas? Para entendermos como um paradigma pode nos atrapalhar nesse negócio, vou fazer uma pergunta:  Qual a desculpa que normalmente é dada por um empregado, por exemplo, para não se envolver numa ginástica laboral, que as empresas custam a implementar e angariar adeptos? A resposta costuma ser:– “Não posso parar porque tenho muita coisa para resolver… estou cheio de serviço.”

Para entendermos a contradição desse argumento vamos voltar à estória do lenhador. Você já imaginou ele dizendo que não pode parar para afiar o seu machado porque tem muita lenha para cortar, porque tem muito serviço? O que você diria para ele? -Deixa de ser burro sô. É o contrário!!!   Você deveria parar para afiar o seu machado justamente porque tem muita lenha para cortar.

Isto é uma mudança de paradigma. Toda mudança de paradigma é sempre uma mudança de 180 graus. É o contrário!  O motivo que damos para NÃO fazer as pausas agora se torna o motivo para o SIM.

Que tal incorporarmos na nossa vida este novo paradigma. Daí passaríamos a dizer:-“Preciso parar porque tenho muito serviço para fazer.”
A sua saúde, a sua produtividade e o seu prazer de viver agradecem.

 

Compartilhe:

Rua João Chagas 383 / 1203 - Bairro União - Belo Horizonte - MG CEP 31170-370

(31)98744.0793

julio@juliomachado.com.br

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.