Espiritualidade nas organizações

Por:Julio Machado
Destaque | Liderança e Gestão

13

Apr 2018

ESPIRITUALIDADE NAS ORGANIZAÇÕES – Palestra para líderes e gestores –

O mundo dos negócios atravessa uma crise de sustentabilidade. Suas atitudes e práticas atuais, centradas no acúmulo de dinheiro, estão devastando o meio ambiente, consumindo recursos finitos, criando desigualdade global. Tudo isso tem conduzido a uma crise de liderança nas empresas e destruído a saúde e o moral das pessoas que trabalham ou cujas vidas são afetadas por essas mesmas empresas. Na contramão disso, está uma concepção de espiritualidade nos negócios que significa simplesmente trabalhar com um sentido mais profundo de significado e de propósito na comunidade e no mundo.

Como a espiritualidade ainda é muito confundida com religião, é compreensível que as organizações tenham certa resistência em entendê-la como um dos mais importantes ativos para a alavancagem dos seus negócios.

A religião é causa de divisões. / A espiritualidade é causa de União.
A religião lhe busca para que acredite. / A espiritualidade deve ser buscada por cada um.
A religião segue os preceitos de um livro sagrado. / A espiritualidade busca o Sagrado em todos os livros.
A religião se alimenta do medo. / A espiritualidade se alimenta da Confiança e da Fé.
A religião se baseia em dogmas. / A espiritualidade se ocupa com a Verdade.

Para apoiar nossa reflexão sobre Espiritualidade, buscamos nos cientistas Danah Zohar e Ian Marshal o termo QS (quociente espiritual), desenvolvido na obra Inteligência Espiritual. De acordo com os autores, o QS é uma terceira inteligência, ao lado do QI (quociente intelectual) e do QE (quociente emocional). Ele coloca nossos atos e experiências num contexto mais amplo de sentido e valor, tornando-os mais efetivos, ampliando nossos horizontes e nos tornando mais criativos. É uma modalidade de inteligência que nos impulsiona e nos confere grande resiliência. As pessoas com QS elevado querem sempre fazer mais do que se espera delas, algo que vai além da empresa. Quem trabalha unicamente por dinheiro não faz o melhor que pode. O QS está ligado à necessidade humana de ter propósito na vida.

Acreditamos que conceito de QS seja plenamente compatível com o de Empresa Sustentável. No âmbito de um novo capitalismo, sobreviverão as companhias que tiverem visão de longo prazo, que se preocuparem, sim, com o lucro, mas que quiserem ganhar dinheiro para também desenvolver a evolução do planeta, da comunidade e das pessoas que nelas trabalham.

O objetivo desta palestra é sensibilizar as lideranças para a importância de se abrir mais espaço para o cultivo da espiritualidade organizacional e sugerir algumas ações, de fácil implementação, que desenvolvam esse QE entre seus colaboradores para que fiquem mais inspirados e com a consciência mais ampliada, o que impactará maravilhosamente no clima organizacional e na produtividade da empresa.

Assim, como, o meio ambiente é considerado hoje um ativo econômico, esperamos que, muito brevemente, o amor, a gentileza, o bem-estar e a criatividade venham também a ser considerados bens de uma nova Economia.

Assista os 20 min. da palestra ESPIRITUALIDADE NAS ORGANIZAÇÕES, proferida na sede da FIEMG em Belo Horizonte, em dezembro de 2017, clicando em VÍDEOS na barra de menus aqui do site.

 

Compartilhe:

Rua João Chagas 383 / 1203 - Bairro União - Belo Horizonte - MG CEP 31170-370

(31) 3486-9883

luxor@juliomachado.com.br